Buscar
  • Gadotti Odontologia

Toxina Botulínica na Odontologia


A Toxina Botulínica tipo A é um complexo protéico purificado, de origem biológica, obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum. Quando são injetadas pequenas quantidade nos músculos, a Toxina Botulínica atua na sinapse (união) dos nervos com os músculos, evitando a liberação da acetilcolina (substância responsável por levar as mensagens do cérebro aos músculos) e, como resultado, o músculo não recebe a mensagem para contrair, promovendo assim o relaxamento muscular. Na Odontologia a Toxina Botulínica está indicada nas seguintes situações:

• Coadjuvante no tratamento da Disfunção da ATM (Articulação Têmporo-Mandibular) e Dores Orofaciais

Importante aliado do Cirurgião-Dentista no controle das dores, a injeção pontual da toxina botulínica relaxa a musculatura promovendo um alívio para as dores faciais crônicas;

• Pacientes com Bruxismo do Sono (ranger e apertar os dentes)

Devido ao relaxamento muscular promovido pela toxina botulínica os efeitos deletérios do bruxismo do sono são amenizados;

• Hipertrofias (aumento de volume) dos músculos masseteres (da face) e/ou temporais

A sobrecarga constante na musculatura facial promove um aumento do volume normalmente acompanhado de dor e/ou aparência antiestética, às vezes promovendo assimetria facial;

• Sorriso Gengival (exposição excessiva da gengiva ao sorrir)

A exposição gengival excessiva promove desarmonia na dinâmica do sorriso, que pode ser melhorada de uma maneira relativamente fácil, com o emprego da toxina botulínica;

• Nos casos de cirurgias de implantes com Carga Imediata

São beneficiados pela ação da toxina aqueles pacientes que têm indicação para se submeterem a cirurgia de instalação de implantes com carga imediata, ou seja, instalação de implantes e prótese sobre implante no mesmo dia e apresentam bruxismo (diurno e noturno);

• Auxiliar a ortodontia em pacientes braquicefálicos (face curta)

Nos pacientes braquicefálicos a movimentação dentária fica comprometida devido ao apertamento dentário intenso, aumentando bastante o tempo de tratamento, além da quebra frequente da aparatologia empregada na movimentação ortodôntica;




15 visualizações

© 2018 por Flavia Cury | www.flaviacury.com